Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

• Após o exercício, o corpo libera endorfina, substância que provoca a sensação de bem-estar e ajuda a relaxar;

• Há um aumento nos níveis de testosterona, que permanece assim por aproximadamente mais uma hora e, nas mulheres, há também um aumento dos hormônios relacionados ao prazer;

• Aumentam também os níveis de serotonina, neurotransmissor que regula o sono e o apetite, além de promover a sensação de satisfação.

Outros dizem que nunca conseguiram sentir prazer, apenas dor durante a corrida. Para evitar este desconforto inicial, é importante ter acompanhamento de um profissional experiente. Desta forma, dores podem ser evitadas ou esclarecidas. A dor no abdômen, por exemplo, muito comum em iniciantes, pode ocorrer por que o corpo ainda não está adaptado à oscilação do diafragma durante cada passada. Com a diminuição do ritmo da corrida e exercícios de respiração, esta dor pode ser amenizada e, com a prática, extinguida.

Benefícios da corrida...

Começando da forma correta e dando o tempo necessário para o corpo se adaptar, é possível sentir prazer não só quando o exercício acaba, mas também durante sua prática. Além dos benefícios agudos ou de curto prazo, podemos ainda usufruir dos benefícios crônicos ou a longo prazo da corrida, tais como:

• Melhora da vascularização do cérebro, aumentando o grau de agilidade do raciocínio e sua função intelectual;
• O coração se torna mais eficiente, bombeando mais sangue com menos batidas;
• Correr faz com que o volume de ar inspirado seja maior, aumentando a sua capacidade pulmonar;
• Estimula a formação de massa óssea, aumentando a densidade óssea e evitando problemas como a osteoporose;
• Estimula a vasodilatação, o que reduz a resistência para a circulação sanguínea;
• Gasta calorias, favorecendo a perda ou manutenção do seu peso;
• Diminui as taxas sangüíneas de mau colesterol (LDL) e estimula a produção do bom colesterol (HDL), o que evita o entupimento dos vasos sanguíneos;
• A corrida ajuda a melhorar a resistência muscular e também queima a gordura dos tecidos musculares, deixando-os mais fortes e definidos;
• Com o aumento da circulação, há também uma melhora da função dos rins, que filtram o sangue e reduzem o número de substâncias tóxicas que circulam pelo corpo.;
• Correr torna a cartilagem das articulações mais espessa, o que protege melhor essas regiões do nosso corpo.

Por fim, a corrida é um meio eficaz para se garantir um envelhecimento saudável, correndo-se menos risco de ter doenças típicas do envelhecimento, como as coronarianas, a hipertensão, diabetes, osteoporose e artrose.
Você está apto a praticar corrida...

Para evitar o sofrimento e garantir um bom começo com a experiência de correr, é fundamental fazer um check-up médico preventivo antes de iniciar a atividade, além de outras avaliações físicas complementares que fornecerão subsídios para a elaboração de treinamentos adequados para cada caso.

Espero que você duvide de todos os benefícios cientificamente comprovados e expostos acima e venha sentir na pele, nos músculos, nos ossos, no coração, no humor, nos rins, no resultado dos exames de sangue, na balança e no sono tranqüilo todas as vantagens que esta atividade pode trazer para sua vida.

(*Artigo publicado no EV Sport News)